Rádio Atalaia FM
Terça, 26 de Janeiro de 2021
82993138001
Atalaia Novo Decreto

Prefeita vai decretar Estado de Emergência Administrativa em Atalaia

Prefeita vai decretar Estado de Emergência Administrativa em Atalaia

10/01/2021 20h33
2.079
Por: ADMINISTRADOR Fonte: Extra
Rede social
Rede social

Para viabilizar o trabalho da administração pública neste início de mandato a prefeita de Atalaia, Cecília Herrmann Rocha (PSC), anuncia que vai decretar Estado de Emergência Administrativa no município, entregue com irregularidades diversas pela gestão anterior. Além disso, vai acionar o Ministério Público do Estado e o Ministério Público Federal contra desmandos políticos praticados pelo ex-prefeito Chico Vigário, principalmente na destinação dos recursos financeiros.

Ceci Rocha, como é conhecida, tem denunciado o sucateamento dos serviços públicos e a total falta de dinheiro para pagamentos da Prefeitura. Um deles é a folha salarial de dezembro dos servidores. A prefeita diz não ter como resolver o problema. “Não tenho como pagar se ele [Chico Vigário} não empenhou e não deixou dinheiro em caixa para o pagamento da folha”, diz. Segundo a prefeita, Chico Vigário teria optado por priorizar pagar obras antes de deixar o cargo.

A situação mais grave, no entanto, denuncia Ceci Rocha, é no uso indevido dos recursos do Fundeb. Em documentos acessados durante a transição de governo, que não chegou a ser realizada como prevista, a prefeita foi informada que Atalaia recebeu R$ 28 milhões do Fundo como precatórios e que 85% desses recursos teriam sido empregados em despesas diversas não autorizadas por lei, como pagamento salarial.

Consta na documentação que R$ 11 milhões do Fundeb foram utilizados para pagar a folha (superfaturada) do município. “Em fevereiro a folha era de R$ 3,5 milhões e passou, em outubro para R$ 11 milhões”, questiona Ceci Rocha.

Os servidores estão revoltados e afirmam que vão à Justiça para receber os recursos que deveriam ser rateados com os profissionais da educação. A Prefeitura vai iniciar o recadastramento da categoria para ter conhecimento real do quadro.
Fonte - Extra
#politica #politicaalagoana

Ele1 - Criar site de notícias