Rádio Atalaia FM
Segunda, 21 de Setembro de 2020
82993138001
ALAGOAS MAIS SEGURANÇA

Ronda no Bairro inaugura plantão psicológico para agentes de proximidade

Setembro ficou nacionalmente conhecido como o mês da prevenção ao suicídio desde que, em 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e o Conselho Federal de Medicina (CRM) organizaram em todo o País a campanha Setembro Amarelo.

14/09/2020 10h33
12.619
Por: ADMINISTRADOR Fonte: AGENCIA ALAGOAS
ACESSORIA
ACESSORIA

Setembro ficou nacionalmente conhecido como o mês da prevenção ao suicídio desde que, em 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e o Conselho Federal de Medicina (CRM) organizaram em todo o País a campanha Setembro Amarelo. A cada ano, as discussões ficam mais elaboradas e a preocupação acerca dos cuidados com a saúde mental se torna mais central na vida dos brasileiros.

 

Com a chegada da pandemia de Covid-19, o isolamento e a preocupação sobre o futuro agravou os índices de adoecimento mental da população em geral, e profissionais de serviços essenciais como os da segurança pública, que não puderam parar as suas atividades, passaram a figurar um público de risco ainda maior. Pensando nisso, o Programa Ronda no Bairro, do Governo do Estado, criou um plantão psicológico para dar suporte emocional a todos os seus colaboradores.

 

O serviço foi anunciado na última sexta-feira (11) e se inicia já nesta segunda (14), reforçando a adesão do Ronda no Bairro ao Setembro Amarelo, logo após o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. De acordo com a psicóloga Áurea Vasconcelos, coordenadora da equipe de Articulação e Mobilização Social do programa, a intervenção foi pensada para suprir necessidades detectadas no dia a dia de trabalho dentro do programa.

 

“Nós já realizamos um acompanhamento com agentes que estão afastados por algum motivo de saúde, por exemplo, mas percebemos um aumento desse número em virtude de adoecimento mental, o que redobrou a nossa atenção para o tema. Nosso objetivo com o serviço é naturalizar e motivar a busca por ajuda, garantindo ainda mais acolhimento e oferecendo uma escuta especializada aos nossos colaboradores que estiverem passando por momentos de dificuldade”, acrescentou.

 

Além de anunciar o início do plantão psicológico, o encontro com os agentes de proximidade serviu para explanar sobre a importância da saúde mental. Para isso, o Ronda no Bairro se juntou à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), que está em campanha contra o suicídio, e levou uma palestra de conscientização aos presentes, alertando sobre indícios que podem culminar no adoecimento mental. 

 

“Nossa conversa foi centrada em trazer informação sobre fatores que podem levar a um quadro de desamparo aprendido e sobre a importância de atentar para eles e falar daquilo que dói. A principal ferramenta que a gente tem para prevenir o suicídio é, justamente, a fala, e por isso é importante exercitá-la, sem medo de buscar ajuda quando necessário”, pontuou Rodrigo Gluck, supervisor de Atenção Psicossocial da Sesau, que conduziu a conversa com os agentes de proximidade.

 

Segundo o psicólogo, este foi o primeiro de uma série de encontros virtuais e físicos que estão sendo organizados pela Secretaria de Estado da Saúde neste mês para tratar de temáticas relacionadas à campanha Setembro Amarelo. 

 

Diante da pandemia, o Governo do Estado passou a disponibilizar serviços de escuta qualificada para a população em geral, como o Alô Saúde Mental, através do 0800 082 5050 ou do WhatsApp 3315-1532, com uma equipe de psicólogos de plantão. De lá, os casos são encaminhados para os órgãos da rede de atenção psicossocial, como os centros de Valorização da Vida (CVV), de Promoção de Saúde, Educação e Amor à Vida (Cavida) e o de Atenção Psicossocial (Caps).

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria

Ele1 - Criar site de notícias