Rádio Atalaia FM
Sábado, 15 de Agosto de 2020
82991770741
ALAGOAS ALAGOAS

Em Alagoas, Hospital da Mulher inova com Visita Guiada a pacientes com Covid-19

Em Alagoas, Hospital da Mulher inova com Visita Guiada a pacientes com Covid-19

15/07/2020 08h13
4.274
Por: ADMINISTRADOR Fonte: Agencia Alagoas
(Imagem: Assessoria)
(Imagem: Assessoria)

Com a finalidade de trazer mais segurança e conforto para os familiares dos pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com Covid-19, o Hospital da Mulher Drª. Nise da Silveira (HM), localizado no bairro Poço, em Maceió, implantou a Visita Guiada. O projeto foi elaborado pela equipe multidisciplinar da unidade e aprovado pela Gerência Médica.


De acordo com Marta Antônia, supervisora Assistencial do HM, a iniciativa visa oportunizar um momento especial, frente a frente, entre visitante e paciente. Para que um familiar seja convidado a participar do Visita Guiada, é realizada, primeiramente, uma entrevista para saber se a pessoa tem ou não condições de ver o paciente no leito.

Ela destacou que alguns critérios são avaliados no que se refere à saúde do visitante, tal como: a faixa etária (não pode ser menor de idade nem ter mais de 60 anos); não apresentar comorbidades - a exemplo da diabetes e da hipertensão; não estar acometido pelos sintomas do novo coronavírus, dentre outros. Por dia, são selecionados dois familiares para realizar o Visita Guiada. O número é reduzido, pois atende todos os Protocolos de Segurança do HM.

Ainda segundo Marta Antônia, após ser feita toda a análise de saúde do visitante, é agendado o dia e o horário para que ele compareça ao hospital. Na ocasião, ele é acolhido pela equipe de psicologia e, posteriormente, pelas assistentes sociais, que o acompanham até a UTI. Contudo, antes de entrar no leito, o familiar recebe todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), os mesmos que estão sendo utilizados pelos profissionais de saúde desde o início da pandemia do novo coronavírus.

“Durante a Visita Guiada, além de o familiar ver o seu ente querido a certa distância, por questões sanitárias, ele ainda consegue conversar e tirar suas dúvidas com o médico e toda a equipe multidisciplinar que acompanha, dia após dia, a evolução do paciente”, explicou Marta Antônia, ao destacar que, antes de entrar no leito, o familiar recebe todas as informações necessárias sobre a paramentação e a desparamentação dos EPIs.

Para a supervisora Assistencial do HM, além de humanizar o serviço, o projeto tem conseguido trazer um conforto para as famílias, visto que, desde o enfrentamento à Covid-19, o afastamento de pacientes e seus familiares deu-se, sobretudo, em virtude de questões sanitárias. “Essa é mais uma das propostas que o hospital está desenvolvendo no que tange à humanização. E, graças ao trabalho ético e responsável de toda a equipe, o projeto tem dado certo. Após a visita na UTI, o retorno dos familiares pra gente se resume à palavra ‘gratidão’. Temos conseguido, por meio desse serviço, reduzir a angústia e trazer mais conforto e segurança em relação ao tratamento dos pacientes que estão internados aqui”, frisou.

Tablets e smartphones – Além do Visita Guiada, o HM também conta com o serviço Visita Virtual, onde os pacientes recebem o carinho e o apoio de seus familiares através de ligações de vídeo e áudio. As ligações por vídeo são destinadas aos pacientes conscientes, internados nos leitos clínicos e na UTI Pediátrica. Já para os pacientes inconscientes, a equipe solicita áudios da família, via aplicativo de mensagens, para que os mesmos sejam transmitidos.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria

Ele1 - Criar site de notícias