Rádio Atalaia FM
Sábado, 06 de Junho de 2020
82991770741
ALAGOAS PROTEÇÃO

Confira a lista dos selecionados para confecção de máscaras divulgada pelo Governo de Alagoas

Confira a lista dos selecionados para confecção de máscaras divulgada pelo Governo de Alagoas

14/05/2020 19h19
10.251
Por: ADMINISTRADOR Fonte: Agência Alagoas
ACESSORIA
ACESSORIA

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), publicou, no Diário Oficial (DOE) desta quinta-feira (14), o resultado dos empreendedores habilitados para confecção de máscaras de tecido previstas dentro do projeto 'Proteção para Todos'. A lista completa pode ser acessada clicando aqui.

Foram selecionados 45 Microempreendedores Individuais (MEI's), 22 Micro Empresas (ME), 5 Empresas de Pequeno Porte (EPP) e 4 associações. Dentre os municípios contemplados estão Maceió, Arapiraca, União dos Palmares, Porto Calvo, Girau do Ponciano e Santana do Ipanema.

O contato com cada um dos selecionados será feito pelo setor de compras da Sedetur, por e-mail, até esta sexta-feira (15), solicitando os dados para cadastro no Sistema Integrado de Administração Financeira do Estado (Siafe).  Após este processo, a próxima etapa é a formalização do contrato entre as partes, acordando as demandas de máscaras de acordo com a capacidade de produção específica de cada um, pontuada previamente na ficha de inscrição. 

A chamada pública prevê a compra de 1 milhão de máscaras, beneficiando 1.500 mil pessoas apenas com a compra direta do produto, garantindo a manutenção dos pequenos negócios no estado e fomentando a economia local. Além disso, a expectativa é que mais de 500 mil cidadãos recebam as máscaras, uma medida preventiva para combater a propagação do novo coronavírus em Alagoas.

“Vamos trabalhar com celeridade para que as etapas a serem cumpridas possam acontecer de forma rápida e eficiente. Esse projeto é muito importante pela distribuição pública das máscaras em filas de bancos, filas de supermercados, lotéricas, feiras livres, dentre outros espaços que possuem circulação de pessoas, ajudando-as a se protegerem, e por representar um incentivo ao setor de confecção, que emprega muita gente em Alagoas”, explicou Rafael Brito, secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo. 

*Redação Alagoas Alerta com Agência Alagoas

Ele1 - Criar site de notícias