Rádio Atalaia FM
Sexta, 05 de Junho de 2020
82991770741
ALAGOAS COVID-19

Renan Filho contraria Bolsonaro e mantém regras do decreto emergencial

Renan Filho contraria Bolsonaro e mantém regras do decreto emergencial

12/05/2020 13h14
11.592
Por: ADMINISTRADOR Fonte: Agência Alagoas
ACESSORIA
ACESSORIA

O governador de Alagoas, Renan Filho (MDB) contraria o presidente Bolsonaro e mantém regras do decreto emergencial. Ele reiterou nesta terça-feira (12) por meio das redes sociais que o decreto 69.722 mantém fechados segmentos da economia cujo funcionamento gera aglomeração e proximidade entre as pessoas.

“Essa é uma forma de diminuir o avanço do contágio da Covid-19 em Alagoas. As atividades de academias, clubes, centros de ginástica e similares, além de salões de beleza e barbearias, seguem suspensas em todo Estado até o dia 20 de maio”, postou Renan em seu perfil oficial no Twitter.

novo decreto de isolamento social, publicado na última terça-feira (05) no Diário Oficial do Estado (DOE), incorporou novas obrigatoriedades para os tipos de estabelecimentos comerciais e indústrias que estão com funcionamento liberado em Alagoas. Mais rígidas, as medidas, que visam minimizar a proliferação dos casos de coronavírus no estado, já entraram em vigor e valem até 20 de maio. O descumprimento por parte das empresas pode levar à multa e interdição do local.

Entre as mudanças, previstas pelo Art. 8º do Decreto 69.722, está o controle obrigatório do acesso de clientes aos estabelecimentos, sendo permitida a entrada de apenas uma pessoa por família, de preferência que esteja fora do grupo de risco. Os clientes só poderão entrar se estiverem usando máscara e o estabelecimento só pode admitir a entrada de 50% da sua capacidade máxima de público.

Há exigências de higienização regular dos ambientes, fornecimento de álcool a 70%, organização de filas e de estações de trabalho para que haja distanciamento entre as pessoas, sistema de escalas de trabalho, entre outras. 

O decreto exige o fornecimento de máscaras e luvas para funcionários e entregadores, e a aferição diária da temperatura dos empregados assim que eles chegarem ao local de trabalho. Quem apresentar 37,3 graus ou mais deve ser imediatamente afastado, bem como os que tenham sintomas de gripe. Está proibido o uso compartilhado de objetos e equipamentos de uso pessoal, como headsets (fones de ouvido) e microfones.

*Redação Alagoas Alerta

Ele1 - Criar site de notícias