Rádio Atalaia FM
DENGUE SAUDE
HIV SAUDE
EMPREGOS

Procura vagas de emprego? Veja como atualizar o currículo em 3 passos

Procura vagas de emprego? Veja como atualizar o currículo em 3 passos

26/02/2020 12h40
Por: ADMINISTRADOR
Fonte: Vagas.com.br | 26/02/20 - 10h39
3.284
Pexels
Pexels

Pexels

Você sabe como atualizar o currículo toda vez que você dá um passo importante na sua carreira, como concluir um curso, terminar a graduação ou receber uma promoção? Pois saiba que essa essa atualização é especialmente importante no VAGAS.com.br porque, quando as empresas utilizam ferramentas de Recrutamento & Seleção, como o VAGAS e-partner, os profissionais de RH colocam como um dos critérios currículos atualizados nos últimos seis meses. E, se você não mexeu uma vírgula nos últimos sete meses, está fora da triagem. Já imaginou quantas vagas de emprego você pode perder por falta de atenção com seu currículo?

Diferentemente dos currículos impressos, nos currículos online, quanto mais informações você colocar, maiores serão suas chances. Então é preciso caprichar e tornar a atualização uma rotina. Confira algumas dicas para atualizar o currículo e vá bem nos processos seletivos.

Como atualizar o currículo de um jeito rápido e eficiente

Para deixar seu currículo mais eficiente, você precisa garantir que a mensagem que quer passar com ele esteja clara para quem for ler e também que toda a sua trajetória esteja valorizada no texto. É importante também lembrar que o recrutador nem sempre tem muito tempo para fazer uma pré-seleção de candidatos. Por isso, vale a pena caprichar no resumo profissional, que possivelmente seja o primeiro campo a ser lido por ele. Veja como fazer tudo isso da melhor forma nos três tópicos a seguir.

 

1. Seja claro no “objetivo profissional”

O campo objetivo profissional dos currículos eletrônicos certamente é um dos mais importantes na triagem. É a partir do cargo, da função, que os “robôs” de triagem vão “levar” seu currículo até os recrutadores que etão trabalhando na vaga. Algumas pessoas – bem intencionadas, certamente – colocam frases como “ser feliz”, “crescer na empresa”, “engajamento”, sem saber que com isso estão completamente a chance de concorrer a uma oportunidade de emprego.

Seja objetivo e consistente. Por exemplo:

  • “Auxiliar administrativo, recepcionista”;
  • “Gerente de logística, especialista em logística”;
  • “Analista de marketing, publicitário”.

Preste atenção também para não misturar as estações. Se você estiver realmente em busca de qualquer oportunidade, crie currículos diferentes para se candidatar a cada tipo de vaga que interessa a você. Por exemplo, nunca coloque no mesmo campo objetivos como “advogado, dogwalker”, que são funções totalmente diferentes, que não se relacionam. Esse tipo de equívoco pode dificultar o trabalho do recrutador, que vai acabar nem chegando até o seu currículo.

 

2. Valorize sua experiência

Muitas pessoas que ainda não tiveram seu primeiro emprego formal com carteira assinada ou possuem pouca experiência dizem não ter o que colocar no currículo. Será mesmo? Experiências profissionais, mesmo que informais, em período de férias, nunca deixam de ser uma experiência relevante.

Bolsistas de iniciação científica, participação em empresas juniores na faculdade, participação em ações voluntárias são requisitos que muito agradam as empresas. Eles também demonstram boa iniciativa, proatividade e bom relacionamento para trabalhos em equipes. Relembre tudo o que você já fez, selecione o que for mais relevante para a vaga que está querendo conquistar e detalhe essas realizações no currículo.

3. Insira seu resumo profissional de maneira clara

 

Se você já tem experiência profissional, saiba que diversos profissionais qualificados como você estão buscando uma recolocação no mercado ou desejam mudar de área. É importante chamar a atenção do recrutador usando seu resumo profissional, já que ele dará uma boa ideia do que será visto ao longo do seu currículo.

Destaque suas experiências mais relevantes, seu conhecimento específico na área em que quer trabalhar, como você é no ambiente de trabalho (por exemplo: ser ativo e gostar de buscar soluções práticas para resolver problemas). A ideia é que você esclareça suas realizações e mostre como se preparou para conquistá-las.