Rádio Atalaia FM
PLATAFORMA CHOP
DOAÇAO DE ORGAO GOV NOVO
A CASA CAIU

Imagens de câmeras de segurança mostram marido no local do sequestro de funcionária de companhia elétrica

Imagens de câmeras de segurança mostram marido no local do sequestro de funcionária de companhia elétrica

01/10/2019 13h29
Por: ADMINISTRADOR
Fonte: TNH1
5.420
A CASA CAIU
A CASA CAIU

Divulgação / PC

Com a prisão de Jorge Tadeu Gomes Alves, apontado pela polícia como autor do sequestro da própria esposa, Adriana Rogério da Rocha, a Polícia Civil acredita que o caso está concluído. Na manhã de hoje (1), o delegado Thiago Prado comentou o caso em entrevistas ao vivo na TV Pajuçara e na Rádio Pajuçara FM Maceió. Ele revelou estar surpreso com o crime.

“É, de certa forma, surpreendente que o marido venha a cercear a liberdade de sua esposa, mantê-la em um cativeiro cercado de um canavial para tentar extorqui-la. Temos fartas provas da participação dele no crime, inclusive, várias imagens que colocam ele no momento do sequestro”, revelou o delegado.

O delegado confirmou que câmeras de segurança filmaram Jorge Tadeu à espera de Adriana no estacionamento onde ela foi sequestrada. Ele preferiu não divulgar o local, mas informou que as imagens irão fundamentar o inquérito. Além disso, uma testemunha afirmou, em depoimento, que viu Jorge dentro do carro usado no sequestro.

“Uma das pendências que faltam é colocar no inquérito as imagens que mostram ele no estacionamento. Essas imagens colocam ele no local do crime, ainda que as testemunhas mudem de opinião, as imagens robustecem o inquérito nesse sentido”, revelou.

Outro ponto que colabora com o indicativo da autoria é o depoimento da vítima. Adriana afirmou a polícia em depoimento que reconheceu o marido quando foi colocada pelos sequestradores no veículo.

Ele disse ainda que, ontem pela manhã, a Delegacia Especial de Investigação e Captura (Deic) tentou cumprir o mandado de prisão contra Jorge na casa de parentes, quando foi informada que ele se apresentaria ainda na segunda-feira acompanhado de advogados. “Ele estava bem orientado pelos advogados, não respondeu a nenhuma das perguntas e afirmou que só iria se manifestar em juízo”, esclareceu.

Após o cumprimento do mandado de prisão, a polícia comunicou a vítima. “Ela estava com receio de que ele voltasse. E realmente havia risco à vida dela, motivo pelo qual nós decidimos representar pela prisão. Tão logo nós consigamos anexar essas imagens ao inquérito, iremos concluir a investigação, o que deve ocorrer até a próxima sexta-feira”, concluiu.

Além de Jorge Tadeu, outras três pessoas estão presas apontadas pela polícia como autores materiais do sequestro, são elas: José Mirosmar, um dos homens que estavam no cativeiro e teria fugido durante a abordagem da polícia; Kenedy Gomes da Silva, que foi preso no cativeiro; e Wallison dos Santos Profírio, que teria passado uma compra de R$ 3 mil e realizado outras tentativas de compra no cartão da vítima após o sequestro. Outro suspeito, Fabrício Queiroz da Silva, foi morto em troca de tiros no dia do resgate.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários