Rádio Atalaia FM
ALAGOAS MOTOS
ALAGOAS MOTOS
radio
DICA DA EQUATORIAL

Equatorial Energia Alagoas faz alerta sobre cuidados com as instalações elétricas; confira

A “fuga de energia” pode aumentar em até 50% o valor da conta de luz

05/09/2019 15h35
Por: ADMINISTRADOR
Fonte: *Redação Alagoas Alerta com Assessoria
498
EQUATORIAL
EQUATORIAL

Utilizar o chuveiro-elétrico no modo verão; evitar o uso prolongado dos eletrodomésticos e desliga-los quando não estiverem em uso, são algumas orientações para diminuir o consumo na conta de luz. Entretanto, se seguir as dicas e mudar os hábitos não resultarem em uma fatura de energia mais barata, o que pode estar acontecendo no imóvel é um fenômeno conhecido como “fuga de energia”.

A fuga de energia pode ser comparada a um vazamento de água no cano ou torneira, e está diretamente relacionada a falhas nas instalações elétricas internas, como emendas malfeitas, fios desencapados, cabos não adequados para o tipo de instalação ou com isolação desgastada pela ação do tempo; pela utilização de equipamentos antigos e defeituosos, como geladeira, ar condicionado e chuveiro elétrico e até por consertos improvisados. De acordo com especialistas, essa anormalidade pode influenciar em um aumento de até 50% na fatura.

O gerente de Serviços Técnicos Comerciais da Equatorial Energia Alagoas, Júlio Everton, explica que por menor que seja a fuga, ela já pode fazer a diferença no consumo mensal. “Uma fuga mínima de corrente em uma residência com instalação elétrica de 127 volts, pode ser equivalente a um aparelho ligado 24 horas por dia. Isso com certeza vai gerar desperdício de energia e um aumento significativo na conta de luz desse cliente”, explica o engenheiro.

COMO IDENTIFICAR

As instalações elétricas internas dos imóveis não são de responsabilidade da Equatorial. Para checar se as instalações estão causando fuga de corrente, bastar seguir as orientações abaixo:

Instalações elétricas

• Primeiro deve-se desligar todos os aparelhos das tomadas e apagar as luzes;
• Em seguida, verificar se o disco do medidor continua girando ou o display digital dos medidores mais modernos continua marcando;
• Se o medidor for de disco e ele der uma volta em menos de quinze minutos, pode existir uma fuga de corrente na instalação elétrica;
• Caso o disco do medidor pare de funcionar (girar), ao desligar o disjuntor geral, o defeito pode estar na instalação elétrica. Neste caso, é preciso procurar um eletricista de confiança;
• Entretanto, se o disco continuar girando, mesmo que lentamente, o defeito pode ser o próprio medidor, aí nessa situação, é necessário entrar em contato com a Equatorial.

Eletrodomésticos

Após testar a instalação elétrica e o medidor, e verificar que estão sem problemas, deve-se fazer o teste com os eletrodomésticos.

• É preciso ligar a chave-geral e ainda continuar com todos os equipamentos e luzes apagadas;
• Logo após, deve-se ligar um aparelho por vez, sem acionar o comando de funcionamento. Atenção com equipamentos automáticos que ligam sozinhos e, portanto, vão consumir energia durante esse teste, como é o caso de eletrodomésticos que funcionam em stand-by;
• O disco do medidor deve continuar praticamente parado. Se girar com velocidade visível, o eletrodoméstico em teste ou a tomada podem estar com algum defeito. Nessa situação, é preciso repetir o teste com outros equipamentos, se o disco continuar a girar, o defeito está na tomada.

CUIDADO COM A SEGURANÇA

O vazamento de corrente, como também chamado, é comum em instalações elétricas antigas ou que não foram corretamente dimensionadas e foram criadas para suportar o uso de poucos equipamentos. A utilização de benjamins, também conhecido como T, potencializa a fuga de corrente. Paredes que esquentam próximo de interruptores e tomadas ou aquelas que costumam dar choque quando tocadas indicam um possível vazamento. Além do aumento no consumo, essas fugas podem gerar danos aos equipamentos elétricos, choques e até ocasionar incêndios.

“Nós orientamos que para evitar esse tipo de problema e surpresas na conta de luz, seja feita revisão nas instalações elétricas a cada 10 anos, no mínimo. Para fazer essa revisão, é preciso contratar um eletricista qualificado e que esteja apto para identificar os vazamentos de corrente”, finaliza Júlio.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Atalaia - AL
Atualizado às 18h24
21°
Muitas nuvens Máxima: 27° - Mínima: 20°
21°

Sensação

12.5 km/h

Vento

77.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
FARMACIA POPULAR
PROF LESSO
Anúncio arranha-céu MF INFORMATICA
Municípios
Banner sessão política
Últimas notícias
QUINHO DO PORTAO
Banner abaixo sessão esportes IMPERIO
SEGURO
Banner sessão esportes INOVAR
Mais lidas
Banner sessão entretenimento
Banner ao lado dos blogs WEBE FIBE